Alunos da engenharia desenvolvem kit elétrico para motorizar cadeira de rodas

Projeto de Tecnologia Assistiva faz parte das atividades acadêmicas do curso de engenharia da UNISAL em Lorena, que visa à acessibilidade, com projetos que visam facilitar a vida de pessoas com deficiência

 

Quem não se sente feliz em proporcionar felicidade à outra pessoa? Não existe medida para o sentimento de poder , de alguma forma, transformar o dia a dia de uma pessoa com deficiência, de poder dar-lhe a liberdade tão sonhada, é foi isso que alunos do Curso de Engenharia Mecânica do UNISAL – Centro Universitário Salesiano de São Paulo, Unidade Lorena fizeram, entregaram a primeira unidade de um Kit elétrico para cadeiras de rodas à funcionária da instituição Fernanda Zanin.

Da esquerda para direita os alunos Fagner Santos, Aleks Vianna, Diogo Andrade e a professora Regina Cabette, ao centro a funcionária Fernanda Zanin (Fernandinha)
Da esquerda para direita os alunos Fagner Santos, Aleks Vianna, Diogo Andrade e a professora Regina Cabette, ao centro a funcionária Fernanda Zanin (Fernandinha)

 

Quem presenciou a alegria da Colaboradora do Laboratório de Informática, Fernanda Zanin, passeando pelos corredores do UNISAL, percebeu o quanto o projeto facilitou a mobilidade urbana da Fernandinha, conhecida, desta forma, por muitos colegas de trabalho. Ela disse não ter palavras pra expressar o quanto o novo veículo irá facilitar a vida dela. “Esse grupo é nota 1.000. Eles irão ser grandes engenheiros futuramente, pois olham o lado humano por trás de tantos cálculos”, revelou Fernandinha.

 

Fernandinha já conseguindo encaixar seu kit a cadeira de rodas
Fernandinha já conseguindo encaixar seu kit a cadeira de rodas
Kit desacoplado para instrução sobre funcionamento e encaixe. Fernandinha e Aleks Vianna
Kit desacoplado para instrução sobre funcionamento e encaixe. Fernandinha e Aleks Vianna

 

Como ela diz “ganhei minha liberdade”, ela agora transita por onde quer sem a necessidade de transporte para cadeira, antes ela precisava de um carro que a levasse com sua cadeira até o centro de canas. Ela agora vai sozinha com a mãe ao lado em sua bicicleta.

 

O Projeto

O projeto das cadeiras de rodas intitulado “Anjos sobre Rodas” visa utilizar dos conhecimentos da engenharia e de direitos humanos para promover uma vida digna às pessoas portadoras de deficiência. A ideia do projeto “Anjos sobre Rodas” partiu do Aluno do 4.º ano de Engenharia Mecânica, Diogo Luiz Uchoas de Andrade. Para colocar a ideia em prática foi preciso mais do que conhecimento técnico. Foram necessários recursos vindos do próprio bolso. Cada kit custa R$ 3.500, dinheiro que foi angariado pelos integrantes da iniciativa: os Alunos Aleks Vianna,  Diogo Luiz, Fagner Santos  e a professora Regina Cabette.

 

O sistema de encaixe do Kit foi muito bem pensado, com a intenção de oferecer praticidade e segurança. É um kit totalmente ajustável a qualquer cadeira de rodas para pessoas paraplégicas, com tração dianteira de 350w e 32a, bateria de lítio capaz de suportar até 50 km, com  a média de velocidade de até 40 km/h. O motor foi reforçado para aguentar subidas e ter o máximo de desempenho. Além disso, é customizável e há modelos para cadeiras dobráveis e para monoblocos. Serve também em cadeiras de vários tamanhos, por ter várias opções de regulagens. O Projeto “Anjos sobre Rodas” mostra o espírito salesiano entre os Alunos. Além de ir ao encontro do que pregava Dom Bosco, o cuidado com o próximo.

 

Fernandinha feliz por já ter aprendido a manusear seu “brinquedo” como ela diz
Fernandinha feliz por já ter aprendido a manusear seu “brinquedo” como ela diz

 

NOVOS PLANOS DO GRUPO

O grupo tem em mente outros projetos com o mesmo intuito deste primeiro, utilizando do conceito da tecnologia assistiva que envolve produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social

 

Esse conceito de tecnologia assistiva contribui de forma fundamental para o avanço dos Direitos Humanos, de maneira que pessoas com deficiência possam obter autonomia e qualidade de vida transpondo barreiras e obstáculos com a aplicação de normas e recursos de acessibilidade.

Fernandinha na ciclovia Canas –Lorena
Fernandinha na ciclovia Canas –Lorena

06

Além da Fernandinha, o Grupo já pensa em beneficiar outros deficientes físicos. Os projetos são feitos de acordo com a deficiência da pessoa.

 

“Estamos com um projeto no forno. Neste momento, procuramos financiamento. Trata-se um elevador de cadeira para automóvel, que vai atender um cadeirante  que sofreu um acidente e hoje  não tem movimento algum do pescoço pra baixo.

 

Quer saber mais sobre o Projeto “Anjos Sobre Rodas” e outros do grupo? Entrar em contato com a professora Regina Cabette:

 

Email: rescabette@gmail.com

Facebook: Regina Cabette

 

 

“Deus nos colocou no mundo para os outros.”

Dom Bosco

 

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *