Golpista leva quase dois mil reais de comércio em Lorena

 

Crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (05), no centro da cidade. Golpista levou R$ 1.870,00 reais do estabelecimento

 

Na tarde desta quinta-feira (05), por volta das 16h, um homem bem vestido, aparentemente por volta dos 45 anos, chegou a um comércio no centro de Lorena, e com a desculpa de que o patrão teria mandando uma ordem de retirada de dinheiro e falando ao telefone, simulou estar em conversa com a proprietária, a funcionária foi ludibriada e acabou acreditando na conversa do golpista, e entregou a quantia de R$ 1.870,00 ( hum mil, oitocentos e setenta reais) para o criminoso, que pegou o dinheiro e partiu sentido ignorado.

 

 

Ao perceber o golpe, a funcionária tentou localizar o golpista, porém sem sucesso. Após as buscas, a mulher fez um boletim de ocorrências e pediu para que todos os meios de comunicação divulgassem o rosto deste homem, para que mais nenhum comércio seja vítima deste golpe. A funcionária que preferiu não se identificar, narrou os fatos, confiram:

 

“Ele entrou e eu estava no banheiro, ele falou com a outra atendente que tinha ido à cidade de Guará e falado com umas das donas e com o pai dela, e que eles pedirão para ele vir e pegar um dinheiro que era 1.870,00. Cheguei ao balcão e ele sabia o meu nome e de todos os donos e disse que era o dono do prédio, e que estava ali para buscar este dinheiro. A outra moça me disse que ele veio buscar o dinheiro e que estava falando no telefone com a dona, onde na representação, falou o nome da dona e falava o nome do pai dela. Nisso, a atendente me deu R$ 300,00 e disse que era pra eu pegar o restante porque a dona já estava sabendo. Fui inocente, entrei na outra sala onde estava o dinheiro e ele entraram atrás de mim, dei o dinheiro pra ele e nisso mandei mensagem pra dona perguntado quem era ele. Na resposta da minha mensagem a proprietária, ela desconheceu o homem e a retirada do dinheiro, nesse momento aqui estava cheio de clientes, saímos correndo atrás dele, mas não conseguimos encontrá-lo”.

 

 

A polícia civil já está investigando o caso. Até o momento ninguém foi preso.

 

 

 

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *