É aprovada Lei que proíbe bicicletas, skates e patins em praças e calçadas em Lorena, SP

É aprovada Lei que proíbe bicicletas, skates e patins em praças e calçadas em Lorena, SP

Com a nova Lei, o município de Lorena terá condições de disciplinar e organizar o trânsito das bicicletas, focando a segurança a mobilidade urbana e a preservação do patrimônio público

 

Solucionar o problema da mobilidade urbana é um desafio para cidades de todo país. Em Lorena, a Prefeitura tem investido em mudanças de trânsito, implantação de ciclofaixas e ações educativas de conscientização e orientação. A novidade para o município é que na tentativa de organizar o trânsito e garantir, principalmente, a segurança dos pedestres, um projeto do Executivo que dispõe sobre o trânsito e uso de bicicletas, skates, triciclos, patinetes, patins e similares foi aprovado na Câmara Municipal. Na prática, o objetivo é organizar e disciplinar o trânsito de bicicletas, o uso de patinetes, patins, skates, principalmente em determinados locais, como praças, parques, calçadas, canteiros e áreas ajardinadas, com exceção dos equipamentos de uso de pessoas portadoras de necessidades especiais e bicicletas de pequeno porte para crianças.

 

Com a nova Lei, o município terá condições de disciplinar e organizar o trânsito das bicicletas, focando a segurança a mobilidade urbana e a preservação do patrimônio público.  Um dos exemplo das imprudência que a lei visa sanar é o trânsito de bicicletas em praças, em especial na praça Dr. Arnolfo de Azevedo. Este hábito coloca em risco as pessoas e crianças que brincam ou circulam pelo espaço. A Lei dará a Guarda Municipal e aos Agentes de trânsito, respaldo para cobrar a obediência e o respeito às leis de trânsito e o uso correto desses “meios de locomoção” em locais públicos.

 

O descumprimento acarretará em advertência, apreensão e multa, de acordo com a gravidade do ato. A Lei será aplicada somente após 180 dias da sanção do chefe do Executivo. Durante o período, agentes de trânsito e guardas civis municipais continuarão trabalhando com a conscientização da população e orientação sobre a nova Lei.

 

 

 

Compartilhe


Comentários


Notícias Relacionadas


ii