Santuário Nacional de Aparecida vai suspender presença de fiéis nas missas na fase emergencial

Santuário Nacional de Aparecida vai suspender presença de fiéis nas missas na fase emergencial

Medida vale a partir de segunda-feira (15), quando Estado terá regras mais rígidas de circulação. Templo católico ainda permanecerá aberto para visitação, mas fiéis só poderão acompanhar missas pela TV e web.

FONTE: G1 Vale do Paraíba e Região

FOTO: Thiago Leon/Santuário Nacional

O Santuário Nacional de Aparecida vai suspender a presença dos fiéis nas missas durante a fase emergencial, que passa a valer na segunda-feira (15) com regras mais rígidas de circulação em todo Estado.

No fim de semana, a presença do público nas missas ainda será permitida, seguindo protocolos de distanciamento. Cerca de mil pessoas podem participar por celebração atualmente – o espaço tem capacidade para receber 35 mil.

Essa será a segunda vez que o Santuário, que recebe em média 12 milhões de pessoas por ano, ficará sem os fiéis nas missas. Entre março e julho de 2020, a presença do público também foi vetada como forma de prevenção à Covid-19.

Com as restrições a partir da próxima semana, os fiéis poderão acompanhar as celebrações pela internet ou televisão.

Pontos turísticos, teleférico e museu do Santuário seguem fechados enquanto durar a fase emergencial do Plano São Paulo. Apesar disso, o templo ficará aberto e seguirá recebendo visitantes com protocolos sanitários.

O que funciona

O Santuário Nacional de Aparecida segue aberta para visitação. Os fiéis que desejarem fazer as preces individuais dentro do Santuário podem visitar o interior da igreja, mas terão que deixar o espaço durante a celebração das missas.

A visita à imagem de Nossa Senhora também será permitida, mas com distanciamento e limitação de fiéis.

A Capela das Velas e a Sala das Promessas, além de uma loja para venda de velas e imagens também seguem funcionando, mas com limite de pessoas.

Compartilhe


Comentários


Notícias Relacionadas


ii